2014

FOTO FACEBOOK ANDREAndré Rocha Franco, 27 anos

Projeto: Rede Socioambiental e Cultural do Parauninha

Site: www.parauninha.org

Região: Conceição do Mato Dentro/MG

O projeto da Rede Socioambiental e Cultural do Parauninha surgiu com a proposta de valorizar os patrimônios socioambientais e culturais inseridos no contexto das comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas do rio Parauninha. A perspectiva inovadora propõe a construção de uma rede social participativa, abrangente e horizontal em prol de uma gestão compartilhada do território e do fortalecimento do associativismo local e da ação comunitária para o empoderamento sociocultural e a conservação ambiental.

O projeto propõe um programa de capacitação, mobilização social e educomunicação que almeja articular e propor soluções sustentáveis com as comunidades do Parauninha, representadas pela Associação Comunitária do Parauninha (ASPA). Nesse sentido, conseguiu-se envolver mais de 500 pessoas, por meio do intercâmbio de informações, da participação multilateral e da reedição dos saberes adquiridos e compartilhados.

 FOTO FACEBOOK DANUZIADanúzia Fernandes Brandão, 26 anos

Projeto: Bibliotecando: Re-lendo o mundo

Site: www.facebook.com/bibliotecando

Região: Uberaba/MG

Danúzia Brandão iniciou seu trabalho com o projeto “Bibliotecando: Re-lendo o mundo” em 2010, quando atuava como professora de Língua Portuguesa em escola pública, trabalhando ainda voluntariamente na Biblioteca Comunitária” Clarice Lispector”, no Instituto Agronelli de Desenvolvimento Social – IASDES. Formanda em Letras e especialista em Crítica Literária, Danúzia desenvolveu as ações do projeto junto a 1.019 adolescentes, de 13 a 18 anos, e 28 professores, de 14 diferentes instituições na cidade de Uberaba e região.

O projeto estimula o resgate à leitura dos clássicos da literatura brasileira, formando novos leitores e despertando o olhar crítico dos envolvidos para atuarem como protagonista na mediação literária dentro e fora do ambiente escolar. Por meio dos clássicos, os alunos elaboram releituras durante todo o ano, conquistando a autoria do livro “Re-lendo o mundo”, hoje em seu 3º volume.

FOTO FLORA Flora Bitancourt, 24 anos

Projeto: Movimentarte

Site: www.movimentarte.com

Região: São Paulo / SP

O projeto Movimentarte nasceu com o intuito de potencializar o desenvolvimento da pessoa com deficiência e criar, por meio da dança, uma ponte para a sociedade se integrar a esse universo. Diversas ações são realizadas ao longo do projeto, como rodas de dança em parques, aulas de dança, palestras e workhops.

A dança, utilizada como forma de terapia, parte do princípio de que mente e corpo estão conectados e ao exercitar o corpo, consequentemente, você exercitará a mente. Após experiências artísticas, a pessoa com deficiência melhora sua autoestima, expressividade, criatividade, habilidades motoras e cognitivas, entre outras. Por meio de palestras e workshops, o projeto difunde os conhecimentos sobre a temática, aproximando instituições, pais, professores e diretores da importância dessa discussão e da necessidade eminente de oportunidades. Já através das rodas de dança, é possível realizar um momento de integração, acessibilidade e descontração, onde todos são iguais e respeitados dentro de suas diferenças.

FOTO GUSTAVO FACEBOOKGustavo Fuga, 21 anos

Projeto: 4YOU2

Site: www.4y2.org

Região: São Paulo/SP

A 4YOU2 é um negócio social fundado em 2012, que proporciona experiências transformadoras de aprendizado e cultura por meio do ensino de idiomas. Como a educação de qualidade é inacessível para a maior parte da população brasileira, os cursos oferecidos pelo projeto contam com professores estrangeiros e possuem preços acessíveis (até 400% abaixo do preço de mercado) e voltados para a base da pirâmide (classe C, D e E) em regiões periféricas.

Em dois anos de operação, a iniciativa possui três unidades no estado de São Paulo, com mais de 1.500 alunos, e já recebeu mais de 85 professores de todo o mundo, que também visam transformar o mundo através da educação. Atualmente, a 4YOU2 está em processo de expansão para ampliar o impacto da iniciativa por todo o Brasil.

ARISTANAN foto Aristanam Pinto Nery da Silva, 28 anos

Projeto: PROMESSAS – Qualificação e Formação em Teatro

Site: www.casacescdonajoana.blogspot.com.br

Região: Água Fria / BA

O projeto PROMESSAS – Qualificação e Formação em Teatro nasceu, em 2012, da ideia de mover uma ação de apoio aos jovens em situação de vulnerabilidade social do município, contribuindo para a qualificação e formação desse público. Dessa maneira, a iniciativa consiste na realização de oficinas de teatro, montagem de espetáculo e produção cultural, com o objetivo de promover a inclusão, qualificação e formação em teatro, a partir da discussão de direitos humanos, emprego, renda e acesso a cultura.

Destinado a adolescentes e jovens entre 13 e 29 anos, o projeto já estabeleceu diversas metas, como: difusão e promoção da prática do teatro entre a juventude em espaço de formação, qualificação e produção cultural; incentivo a leitura e acesso literário; desenvolvimento e inclusão da prática do teatro em programas sociais já em andamento no município.

FOTO ERICK FACEBOOKErick Moisés Moura Barros, 21 anos

Projeto: Território Potiguar

Site: www.facebook.com/territoriopotiguar

Região: Natal / RN

O projeto Território Potiguar surgiu a partir da formação de Erick Barros em Guia de Turismo e de seu envolvimento em um projeto de extensão do IFRN (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte), em que o propósito era a formação e a educação patrimonial nos bairros que correspondem ao Centro Histórico de Natal ( Cidade Alta e Ribeira), nos anos de 2012 e 2013.

Após estudo, o aprendizado de Erick foi colocado em prática por meio de um city tour, em que os percursos são realizados sempre a pé pelos bairros. O projeto foi reconhecido por seu sentimento de patrimonialismo pela própria cidade, além de ser identificado como um trabalho pioneiro. O projeto Território Potiguar tem como objetivo mostrar o lado cultural da cidade, explorando olhares a partir de pontos com valor histórico, como igrejas, museus, praças, etc.

FOTO NAVILA Návila do Ó Teixeira, 23 anos

Projeto: Novo Jeito

Site: www.novojeito.com.br

Região: Recife / PE

O movimento Novo jeito nasceu em 2010, na cidade de Recife (PE), com a vocação de tocar corações, mudar comportamentos, realizar ações solidárias e criar movimentos para que mais e mais pessoas possam trabalhar, dormir, comer, estudar e ter uma vida mais digna em todos os aspectos. A iniciativa visa promover o bem comum, a justiça e os sonhos.

Hoje, são mais de 20 projetos pontuais, contínuos e de mobilizações, como uma creche “adotada” pelo movimento e a realização de uma grande conferência na cidade sobre Empreendedorismo Social, como o propósito de engajar jovens para a mudança do mundo.

FOTO FACEBOOK Silmara RodriguesSilmara Rodrigues da Costa, 28 anos

Projeto: Nossos Valores

Site: www.facebook.com/nossos.valores

Região: Natal/RN

Silmara Rodrigues é estudante do Curso de Serviço Social, ligada a projetos sociais e culturais, e atua como mobilizadora social desde 2008. Juntamente com outros jovens, criou o projeto Nossos Valores, em 2013, para oferecer atividades artísticas, culturais e de lazer as crianças e adolescentes da Redinha, em natal/RN. A iniciativa acredita na transformação social por meio da educação e da cultura. Dessa forma, valoriza a produção criativa da juventude; interage com a comunidade; cria alternativas saudáveis de lazer, cultura, esporte e educação; diminui a ociosidade e atrais os jovens para atividades que valorizam a cidadania, a vida e a produtividade.

Atualmente, o projeto Nossos Valores atende cerca de trinta crianças e adolescentes, entre 10 e 16 anos, em situação de Vulnerabilidade social, por meio de atividades como: oficinas de dança de rua, graffiti, fotografia, percussão e teatro, exibição de filmes e prática de Slack Line. Mensalmente é realizado um evento chamado “Revolução Urbana”, onde é apresentado, para a comunidade e o público em geral, tudo que é produzido nas oficinas.

FOTO PROJETO KENNEDY 3 Kennedy Ferreira da Silva, 24 anos

Projeto: Acadêmicos da Alegria

Site: www.facebook.com/academicosdaalegriamanaus

Região: Manaus / AM

Em 17 de abril de 2013, o projeto Acadêmico da Alegria fez sua primeira visita na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas, responsável pelo tratamento de diversos tipos de câncer. O pequeno grupo, formado por três jovens, cresceu rapidamente graças às redes sociais. Atualmente, o projeto conta com 20 voluntários efetivos, tendo o acadêmico de psicologia, Kennedy Ferreira, a frente da iniciativa juntamente com mais seis coordenadores que organizam as visitas e o treinamento dos novos voluntários.

As atividades realizadas pelo projeto no hospital são feitas por um grupo de, no máximo, 5 pessoas. Os voluntários interagem tanto com os pacientes quanto com os acompanhantes, sendo que a humanização do ambiente hospitalar se dá por meio da interação com o palhaço, que canta e interpreta um médico que cuida de doenças incomuns, favorecendo o riso e a conversa. O foco do Acadêmicos da Alegria não é tirar o paciente da realidade que ele está vivenciando, mas fazê-la menos traumática.

rojeffersonRojefferson da Silva Moraes, 28 anos

Projeto: Na Tora Produções

Site: www.facebook.com/pages/Na-Tora-Produções/470401933034649

Região: Manaus/AM

Na Tora Produções é uma produtora criada há dois anos, com o objetivo de promover eventos socioculturais de cunho pedagógico. Por intermédio de exposições de diferentes vertentes da produção artística independente da Região Norte, a iniciativa fortalece o elo entre artistas e comunidade. A partir de temáticas variadas nos eventos promovidos, a produtora consegue estabelecer um momento de reflexão sobre a relevância social do trabalho dos artistas envolvidos nas ações.

Prevenão de DST´s e Aids, preconceito de gênero, apoio às instituições de caridade, valorização da identidade linguística regional e sensibilização ambiental são algumas das temáticas abordadas durante as intervenções artísticas. O projeto já facilitou a exposição do trabalho de diversos artistas do cenário independente, distribuiu mudas de plantas e material informativo a crianças presentes em uma das intervenções socioeducativas em que abordou a importância da arborização urbana, além de entregar mais de 300 kg de alimentos às vítimas do incêndio na comunidade Arthur Bernardes e os residentes da Casa do Idoso, entre outras ações.

Clique aqui e confira do Folder do Prêmio Laureate Brasil 2014

fb4f8e6c669f83881b8d388a88a56e9a>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>